abn

segunda-feira, 15 de maio de 2017

Polícia identifica 70 integrantes de operação que frauda concursos

Apesar dos números, a polícia afirmou que não há vazamento de gabaritos por meio de empresas organizadoras das seleções


© Divulgação JUSTIÇA OPERAÇÃO GABARITO

Aproximadamente 70 pessoas já foram identificadas pela polícia da Paraíba como suspeitas de participação no esquema que fraudou pelo menos 70 concursos e vestibulares em vários estados brasileiros.

O número de aprovados através da venda de gabaritos passa de 500, de acordo com o levantamento da investigação realizado até esta segunda-feira (15). Apesar dos números, a polícia identificou que não há vazamento de gabaritos por meio de empresas organizadoras das seleções e que a atuação da quadrilha é independente.

O resultado das duas primeiras fases da Operação Gabarito foi apresentado na manhã desta segunda-feira, mas o delegado responsável pelas investigações, Lucas Sá, diz que o trabalho deve demorar a ser concluído. “Isso é só o começo do trabalho da polícia civil", diz.

Até a sexta-feira (13), 25 pessoas já tinham sido presas, sendo 19 no dia 7 e outras seis na sexta-feira, além de 11 veículos apreendidos e muitos documentos e equipamentos eletrônicos que estão passando por perícia.

O delegado disse que, ainda nesta segunda, devem ser emitidos pela justiça outros mandados de prisão, que devem ser cumpridos ao longo da semana pela polícia, mas Lucas Sá não deu detalhes sobre a quantidade e os alvos desses mandados.
Fonte: https://www.noticiasaominuto.com.br